terça-feira, agosto 26, 2008

OLHAR DIVINO

Muitos são os caminhos, os templos, as religiões na busca do Pai Divino, da Mãe Santissíma. Seja no Brasil ou na Índia, no Egito ou na China, desde os primórdios, corajosos homens e bravas mulheres buscam as chaves do reino celeste, o olhar divino, os rastros do Criador, os passos dos mestres.

Essa busca os levaram vida após vida, no além, no entremorte, a continuar lembrando que muitas são as casas, mas todas elas nos guiam para a luz. Muitos são os portais: a música, os mantras, a cruz; as ervas, incensos, a cabala ou as velas; e seja por Krishna, Buda ou Jesus; seja por meio dos Orixás, Devas ou elementais, respeito merece cada caminho, cada casa; pois todos são partes do Pai e da Mãe, do Todo que preenche o vazio que nos conecta um ao outro.

No jardim do Grande Arquitetato do Universo, no canteiro da Belissíma Mãe Terra, há mil flores, cujo perfume nos lembra o cheiro de casa. Que cada homem ou mulher, cada um com sua flor, cada um com a sua pétala, continue trilhando esse caminho em direção ao vasto oceano do amor, afinal, somos parte de tudo; e se você chegou até aqui, não tenha dúvida: você é, eu sou, um vencedor.


Notas:
Dedicado aos meus amigos do Templo Olhar Divino, por toda a poesia e amizade presente em nossos encontros.

2 comentários:

Lara M. disse...

Que bela descrição dos diferentes e importantes caminhos da jornada. Parabéns!!!!!
bjsbjs

Anônimo disse...

Belo! Inspirado e inspirador!

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply