quinta-feira, julho 24, 2008

O PITBULL E O MENINO DO DENTE ARRANCADO

Era uma vez um mundo invertido: as pessoas evitavam o caminho da dor e trilhavam o amor; batidas de carro, eram resolvidas com conversas amigáveis e não com discussões sangrentas; não era preciso convencer os outros sobre um particular ponto de vista, pois certeza intima não se fortalecia com a fé do outro destruída; enfim era um mundo bem diferente dessa realidade em que vivemos e foi nesse mundo que surgiu o estranho caso do menino que havia mordido um cachorro.

O cachorro era um pitibull e nesse mundo, essa raça de cachorros não tinha a cara e a agressão dos seus donos, por isso, eram cachorros dóceis, que brincavam e gostavam das crianças, como qualquer outra raça. Contudo, é da natureza de qualquer animal, seja no nosso mundo ou no mundo onde tudo é invertido, se defender contra qualquer ameaça; e o menino, se sentindo invencível, começou a provocar o cachorro, de tal forma, que o pitbull sentiu-se ameaçado e como qualquer animal, partiu para cima do menino, que reagiu, mordendo o pescoço do cachorro. A mordida foi tamanha, que um dos dentes do menino ficou agarrado na pele do animal.

O menino contou a todos, que foi o cachorro que o atacou; mas nesse mundo, todos os pontos de vistas são levado em conta, até mesmo o de um cachorro. E depois da fama de ser o primeiro menino a sobreviver em um combate com um pitbull, à verdade veio a tona: nem sempre os meninos são tão inocentes assim e nem sempre um pitbull tem a cara do seu dono.

Frank Oliveira
24 de Julho de 2008

Reportagem sobre o caso do menino e do pitbull no nosso mundo:
http://www.jornalahoraonline.com.br/cidade/integra.php?id=4328

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply