sexta-feira, junho 27, 2008

AMIZADE, LETRAS E MÚSICA

Para L.F

Algumas pessoas exigem da amizade com a outra, uma aliança perpétua. Outras, exigem dos amigos, nada mais que um receptor, um par de ouvidos. Eu nada mais quero de meus amigos do que carinho genuíno; e coleciono atos, em que esses meus poucos amigos, imperfeitos e imprecisos, manifestam essa amizade em pequenos gestos que são para mim, presentes eternos.

Exigimos muito de quem gostamos: telefonemas, atenção constante, pacto de exclusividade. Pior que amor ciumento, é ciúme de amizade.

Contribuímos pouco a quem amamos e pedimos muito; e os transformamos em funcionários: queda de produção e aumento de faltas, serão punidos com “tô de mal”, demissão sumária ou não olho mais na cara.

Agradecimento, então, é evento raro, e se dizemos obrigado, é sempre por algo solicitado; e nunca agradecemos nossos amigos pelo conjunto da obra. Baseado nisso que escrevi essa mensagem, pois é mais do que a hora certa para, por meios dessas linhas tortas, agradecer a você meu amigo, por comigo, compartilhar a tua estória.

Obrigado por me ensinar a voar e por mesmo, ausente, tanto bem me influenciar.

Obrigado por cuidar de mim, nos encontros, cafés, bares, chá, enfim, estou muito agradecido por você ter me ensinano essa grande verdade profunda: só o que precisamos na vida é amor, sorriso ( para mim, as letras) e para você, a música.

Frank Oliveira

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply