quinta-feira, abril 03, 2008

SINCRETISMO


- Ou o senhor é uma coisa ou outra.

- Não posso ser todas?

- Não! É preciso manter uma linha. Ou o senhor come a hóstia ou toma chá.

- Eu não ganharia mais em sabedoria e tolerância, se ouvisse o pastor e o pai de santo?

- Não! O senhor por um acaso, conhece algum flamenguista tricolor ou um corintiano palmeirense? Não, senhor. Precisamos ser firmes com o que acreditamos, ainda mais com o sagrado. Não se brinca com o sagrado.

- É que gosto do Pai Nosso e de cantar Hare Krishna...

- Sacrilégio! Se o senhor tivesse mesmo uma fé, já teria escolhido um lado. Não pode ficar assim na ponte, não senhor. Não pode misturar.

- É que eu pensava que tudo que é misturado é mais bonito. Olha essa cor morena, tão brasileira e tão bonita. Fruto da mistura.

- Essa mistura pode. Mistura em religião não pode não.

- Mas o catolicismo não nasceu da mistura do Judaísmo e das lições de Cristo?

- Sim, mas é diferente.

- Sim, isso mesmo, diferentes credos originando um outro. Olha o islamismo, eles até reconhecem Cristo e Abraão.

- Por isso não pode misturar, senhor. Daqui a pouco o senhor vai dizer que tem mais muçulmano no mundo que cristão.

- E tem mesmo, além de hindus, budistas, umbandistas, e uma série de “istas”, até aqueles que se dizem espiritualistas e pregam o sincretismo, a união de todas as religiões, como se fosse uma só.

- Espiritismo é outra coisa.

- Eu disse espiritualismo.

- A mesma coisa. Não dá para falar aleluia e axé ao mesmo tempo, senhor. Uma coisa ou outra.

- Vou seguir o seu conselho. Chega de mistura. Vai que eu perco o juízo com tanta religião. Já pensou se eu chamo por Cristo e me aparece o Buda.

- Isso mesmo, eu sabia que o senhor tinha juízo.

- Mas ouvir Rock e Samba pode?


Frank Oliveira


Nota do autor: Segue abaixo, samba do Martinho da Vila, que complementa o texto acima. O que seria do meu gosto musical, se eu só gostasse de Rock e não aproveitasse o melhor que há no samba.
*****************************************************

Sincretismo Religioso
Letra de Martinho da Vila

Saravá, rapaziada! - Saravá !
Axé pra mulherada brasileira! - Axé!
Êta, povo brasileiro! Miscigenado,
Ecumênico e religiosamente sincretizado
Ave, ó, ecumenismo! Ave!
Então vamos fazer uma saudação ecumênica
Vamos? Vamos!
Aleluia - aleluia!
Shalom - shalom!
Al Salam Alaikum! - Alaikum Al Salam!
Mucuiu nu Zambi - Mucuiu!
Ê, ô, todos os povos são filhos do senhor!
Deus está em todo lugar. Nas mãos que criam, nas bocas que cantam, nos corpos que dançam, nas relações amorosas, no lazer sadio, no trabalho honesto.
Onde está Deus? - Em todo lugar!
Olorum, Jeová, Oxalá, Alah, N`Zambi. . . Jesus!
E o espírito Santo? É Deus!
Salve sincretismo religioso! - Salve!
Quem é Omulu, gente? - São Lázaro!
Iansã? - Santa Bárbara!
Ogum? - São Jorge!
Xangô? - São Jerônimo!
Oxossi? - São Sebastião!
Aioká, Inaê, Kianda - Iemanjá!
Viva a no Nossa Senhora Aparecida! - Padroeira do Brasil!
Iemanjá, Iemanjá, Iemanjá, Iemanjá
São Cosme, Damião, Doum, Crispim, Crispiniano, Radiema. . .
É tudo Erê - Ibeijada
Salve as crianças! - Salve!
Axé pra todo mundo, axé
Muito axé, muito axé
Muito axé, pra todo mundo axé
Muito axé, muito axé
Muito axé, pra todo mundo axé
Energia, Saravá, Aleluia, Shalom,
Amandla, caninambo! - Banzai!
Na fé de Zambi - Na paz do senhor, Amém!

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply