terça-feira, março 18, 2008

O Mundo Precisa de Mãe

O mundo precisa de ti, minha mãe.

Mãe que embale esse mundão nos braços e cante uma canção de ninar esperança aos homens de bons ouvidos.

Mãe que eduque, nas palavras ou no puxão de orelha, essas crianças que tocam fogo na própria cama.

Será por isso que existe tanta mãe?

Mãe divina, mãe solteira;
Mãe que perdoa, mãe que odeia;
Mãe que se enfurece, mãe que esclarece;
Mãe que cuida, mãe que não se esquece.

Por isso te peço:

Ó mãe divina!
Ó mãe da terra, mãe das crianças-adultas que brincam com o mundo;
cuida do nosso planeta e não deixa que a gente esqueça
que somos todos parte de uma só família e que tu,
seja que nome tenha, é sempre tu, mãe querida.

Mãe que sempre espera pacientemente que essas criancinhas briguentas se tornem homens de amor e de paz.


Frank
Madre Tereza Memorial
Calcutá, Índia
************************************************************************

Notas: escrevi esse texto no memorial da Madre Tereza em Calcutá, um dos lugares em que mais me emocionei em minha viagem pela Índia. Desnecessário falar muito sobre
a vida dessa fantástica alma que cuidou tanto dos pobres e famintos de carinho das ruas indianas, e como o seu trabalho e legado se espalhou por todo o mundo, mas a
presença de carinho de mãe toca a todos no memorial, e tudo o que você consegue pensar é em como o mundo precisa de mãe, às vezes Kali, às vezes Tereza, que
ponha esses meninos homens no caminho certo.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply