quinta-feira, maio 24, 2007

O Verdadeiro Amor

Amargurada, quase afogada por suas próprias lágrimas; ela pensava em suicídio. Por seu amado foi deixada; do tudo não restou mais nada, além do vazio.

A vida até então sagrada, lhe devorava a alma com a lembrança do rosto de quem partiu. A morte tão evitada, agora era desejada, enquanto ela olhava o rio.

Porém o rio corrente que lhe convidava ao fim, refletia os raios de sol e ela sentiu uma leve fragrância de jasmim.

Sua tristeza virou surpresa ao ver um facho de luz surgir em sua frente e entrar em seu peito; e antes que ela pudesse entender direito, escutou uma voz que a acalmou por inteiro e foi lhe explicando sobre um tipo de amor, que de todos, era o verdadeiro:

" Não tema, criança.
Não chore desse jeito.
Lembre de onde veio,
Sintonize no Amor Verdadeiro

Esse amor te acolhe, te dá suporte
Esse amor te auxilia, te faz forte
Esse amor não escolhe, te desenvolve
Esse amor te sacia; vai além da morte

Esse amor é atemporal e infinito
E por ser tão bonito
Enche os olhos de lágrimas
Arranca-te mil sorrisos

Esse amor é incondicional
Não depende de cor ou credo
Não depende de bem ou mal
Se você está longe ou perto

Esse amor toca fundo o coração
E te faz recordar das estrelas
Como se fosse uma conhecida canção
Transforma fé em certeza

Esse amor não julga
Não aponta o dedo
Não machuca
Não é baseado em medo

Esse amor não é masculino
Ou feminino
Nem é velho
Nem menino

Esse amor é maior que você e eu
E ainda sim, é parte de tudo
Independente dos nomes que o mundo lhe deu
Esse amor envolve esse mundo

Esse amor é corda
Segurando o planeta no ar
Esse amor é a porta
Para você lembrar

Lembrar que você é maior que a dor
Mais forte que qualquer paixão ardendo no peito
Sintonize no Verdadeiro Amor
E sentirá esse amor te envolver por inteiro


Frank

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply