segunda-feira, março 05, 2007

Para a minha Lua


Lua, te observei em todo o seu eclipse

Por um momento vi você se afastando de mim

mas logo percebi que se ocultava

apenas para se mostrar cada vez mais bela


Vi a luz te descobrindo

Não sabia se era meus olhos

mas podia jurar

vi você sorrindo


E fiquei te olhando

Enquanto você falava comigo

baixinho, sussurrando em meu ouvido

poeta, meu anjo da terra

Estarei sempre a sua espera


Não consegui

juro que tentei me afastar

não te olhar

não mais te escrever

Mas é mais forte que mim

Você, minha lua, já faz parte do meu ser


Por isso quando te vi se eclipsar

esconder-se do meu olhar

percebi que logo voltaria

afinal o que seria das minhas poesias

sem minha musa preferida



Um comentário:

Anônimo disse...

lindo seus poemas e acho q se a lua podesse ser mulher por um momento se apaixonaria por vc,ela deve te olhar la do alto e pensar q vc é um anjo caminhado na terra,pq nem um homem a ver cm vc,te digo isso pq sou amiga intima dela inclusive ate uso seu nome de vez em qd(rsrsrsrs).Espero q seja nela a tua inspiraçao pq se algum dia ela descobrir q é pra outra concerteza vai ficar muito triste

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply