quinta-feira, fevereiro 01, 2007

Lua



Que saudade tenho da sua beleza
De caminhar em você
De ver a Terra através de seu solo

Quantas vezes briguei com São Jorge
Ciumento, ele tenta impedir
Que eu escreva pra você


Mas ele não pode impedir
Esse amor que só quer fluir
Ir em você e voltar pra mim

Por isso, Lua, continue a brilhar
a me inspirar e iluminar
Em você um dia eu hei-de chegar

E Lua, vou te amar
Como eu vou te amar
E você não me deixará a terra voltar

Até lá
Só peço uma coisa simples assim
Lua, brilha, brilha e sorri pra mim

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply