sábado, janeiro 20, 2007

A Natureza e as Esporas

Segundo Darwin, somos seres em constante evolução, aprendemos com os nossos erros e só os mais fortes e espertos sobrevivem. Tenho nadado contra a maré, não consigo evoluir e deixar de acreditar nas pessoas, mesmo sabendo que posso ser usado, manipulado, ferido e segundo Darwin, extinto.

Não faz muito tempo e perdi um grande amigo para a vida. Motivos: imaturidade em resolver as diferenças de forma sensata e a grande capacidade humana de querer que o outro viva de acordo com o evangelho do nosso ponto de vista.

Fiz a promessa de jamais confiar em outra pessoa novamente. Tolinho!!! A promessa foi quebrada pouco tempo depois. Tenho hoje dezenas de amigos que confio plenamente e pelos quais, tenho muito estima. A verdade é uma só, não sei quanto a vocês, mas não sei viver sem amigos.

Não faz muito tempo e partiram meu coração, ainda procuro os pedaços, mas sei que não deixarei de amar. É a minha natureza: amar é se entregar totalmente à pessoa amada. Eu sei, preciso evoluir. Preciso criar máscaras, barreiras e defesas para não me machucar novamente. Preciso manipular, usar, mentir e manter o jogo, se quiser ser feliz no amor. O problema é que quando eu amo, eu arrisco mesmo, mas jogo pra vencer.

Amar é dar a cara às tapas, mostrar suas verdadeiras cores, admirar e cuidar bem de quem está ao seu lado, mesmo que seja por uma semana, um dia. Amizade é compartilhar, se abrir, falar um monte de besteira e até chorar, mas acima de tudo confiar.

Tanto no amor quanto na amizade, não dá para estar ao lado de alguém só pela metade. Precisamos estar plenamente com as pessoas que gostamos. Se elas não agem assim conosco, o problema é delas, não nosso. Não podemos mudar quem somos, por causa da atitude e opinião dos outros. Osho, um sábio indiano, que era maluco e iluminado ao mesmo tempo, costumava dizer : “ Esteja Pleno. Quando conversar com os seus amigos, seja a própria conversa. Quando beijar quem vocês amam, seja o próprio beijo. “ Sim, estar plenamente com alguém deveria ser obrigatório, menos que isso não é suficiente.

Sim, eu sei! Precisamos estar bem treinados para montar nesse cavalo selvagem chamado amor, nesse touro indomável chamado amizade, mas como não nasci mesmo para ser boiadeiro, nem cavaleiro; continuo tentando olhar no olho desses bichos e me comunicar, mostrar que eles não precisam temer. Apesar da dor cavalgar junto com o prazer, montar nesses animais não tem nada a ver com poder e sim com respeito. Por isso e talvez por pura teimosia, não uso esporas, chicotes ou laços e mesmo que eu caia de novo, não vou mudar, vou me levantar e recomeçar tudo de novo.

Frank

6 comentários:

Francine disse...

Olá! vim agradecer a visita! :)

Quanto ao seu texto, acho que o amor - seja de qualquer maneira - sempre vale a pena. Sempre!

Anônimo disse...

Frank e Francine, essa coisa de que o amor pode tudo, que todas as formas de amor valem a pena, não sei não.
Amar sem ser amado não é legal. Válido só pela experiência de amar? Não conta.

Por mais que não possamos mudar as pessoas e torná-las inteiras em um relacionamento, também não posso continuar em um relacionamento onde eu faço de tudo e recebo migalhas. Não podemos mudar as pessoas, mas devemos repensar a nossa postura em amar e não receber amor em troca.

A gente deve arriscar, jogar mesmo para vencer. Mas também precisa aprender a hora de tirar o time do campo.

beijo

Anônimo disse...

Olá Francisco!!!!!
Concordo c vc, as esporas abrem feridas e distanciam.
Olhar seguro, com carinho e respeito curam as ferida e permitem cicatrizes
finas e delicadas qse imperceptiveis, e aprendemos a ser melhor hoje q o q fomos
ontem.
Saúde e Paz Sempre.`Mônica-BH
Lista IPPB

Frank Oliveira disse...

Oi Ale

Concordo com você em relação a cair fora quando a coisa não vai bem. A grande idéia do texto é dizer que sou um romãntico incurável mesmo e aposto no amor, mesmo sabendo que muitas vezes, as coisas não acabam como nos contos de fadas.

Anônimo disse...

Olá, meu amigo...

Suas crônicas são geniais....

...Amar é dar a cara às tapas, mostrar suas verdadeiras cores, admirar e cuidar bem de quem está ao seu lado, mesmo que seja por uma semana, um dia. Amizade é compartilhar, se abrir, falar um monte de besteira e até chorar, mas acima de tudo confiar.
Tanto no amor quanto na amizade, não dá para estar ao lado de alguém só pela metade.
...Apesar da dor cavalgar junto com o prazer, montar nesses animais não tem nada a ver com poder e sim com respeito. Por isso e talvez por pura teimosia, não uso esporas, chicotes ou laços e mesmo que eu caia de novo, não vou mudar, vou me levantar e recomeçar tudo de novo.

Esses trechos são um pouco de mim...sou teimosa sim mas, continuo amando e recomeçando sempre....quem sabe eu encontro "um verdadeiro amor"?.

Bjs carinhosos e agradecidos.

Ah!... levo comigo suas cronicas e apresento nos treinamento....o que é bom e bonito devemos compartilhar, certo? bjs

Vera - Grande Amiga e Professora

Anônimo disse...

hmmmm.... texto bonito, este....

queria fazer dois comentários.(entre aspas trechos do texto e logo em
seguida o comentário).

1) "Segundo Darwin, somos seres em constante evolução, aprendemos com os
nossos erros e só os mais fortes e espertos sobrevivem". Bom, pelo que eu me
lembro, teoricamente não são os mais fortes e espertos que sobrevivem, e sim os
mais aptos. Num dado ambiente (o oceano primitivo, o caldo primordial, por
exemplo), por processos aleatórios, surgem muitas formas de vida,
fundamentalmente por mutação. Daí, os que se adaptarem mais, sobrevivem. Depende
tanto do ambiente quanto do organismo, e sobretudo da interaçào entre os dois,
jamais é unilateral. Outro detalhe interessante é que, pelo que eu me lembro, a
Teoria da Evolução de Darwin não supòe um Télos final, ao contrário da teoria de
Teilhard de Chardin (ponto Ômega, Logosfera, a matéria a serviço do Espírito
etc). A Teoria de Darwin é aleatória, randômica. A Teoria de Chardin supòe um
"centro-atrator", em direção ao qual tudo se move ("tudo o que sobe, converge").

2) "Apesar da dor cavalgar junto com o prazer...". Hmmm....bom, depende.
Depende da posição, não é?

Abraços e feliz 2007!!

Alessandro Voadores

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply