quinta-feira, dezembro 14, 2006

A Vida Continua...

Acordei essa manhã em Bragança Paulista. Estava aqui em São Paulo, mas meu coração estava com o povo de Bragança, povo valente que acordou para mais um dia com a ressaca da "tragédia" que começou como roubo e terminou com um show de horrores que fez com que muita gente se perguntasse como algo assim pôde acontecer sob os nossos narizes.

Não vou reproduzir nenhuma informação aqui que já não esteja nos jornais e no rosto de cada bragantino. Só gostaria de poder compreender o que ocorreu e como algo tão bárbaro pode ocorrer por míseros reais, e como não consigo, tento não me entregar à revolta ou a angústia e oro para que o melhor possa ocorrer com todos os envolvidos.

A vida, esse cristal maravilhoso que reflete todas as cores do universo, é algo tão belo. É uma dádiva de amor do criador, um sopro de magia da Mãe Terra. Um veículo tão precioso para que nossas almas possam experimentar a brincadeira de criar. A vida é patrimônio universal com carimbo do GADU (Grande Arquiteto do Universo). A vida é muito linda para ser tratada com tanto desprezo. Ainda bem que o Criador é mais inteligente que a gente e criou a vida á prova de morte.

Mas sou humano e limitado e mesmo sabendo que a vida continua, ainda me entristeço com a ignorãncia humana. e não consigo parar de pensar na tragédia de Bragança e lágrimas teimam em ficar nos meus olhos.

Meu coração se abre como se tivesse centenas de pétalas e raios verdinhos cor de esperança seguem em direção a cada habitante de Bragança Paulista. Aqui no silêncio de casa, desejo que esses raios levem paz, coragem e muita luz para que esse povo esqueça o rancor, a raiva e a vontade de fazer justiça com as próprias mãos e lembrem-se que esses criminosos só atingiram os corpos, pois as almas dessas pessoas continuam vivas nos braços do grande criador.

Frank

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply