sábado, dezembro 23, 2006

Louco Por Um Dia

Deixe-se ser louco por um dia,
Faça o que te dê na telha.
Grite, chore, cante, sorria,
Permita-se ser quem você queira.

Escute o silêncio da pedra,
Conte segredos ao vento.
Abrace uma árvore sem pressa,
Roube o ponteiro do tempo.

Pois a noite sussurra aos loucos
A linguagem das estrelas,
Que observam do topo
Gente normal fazendo besteira atras de besteira.

Então, deixe-se apenas ser louco,
E não ligue para o que o outro acha ou sente.
Façamos algo só pelo prazer de sermos quem somos,
E não o que fizeram da gente

A vida passa rápido, é curta.
E acabamos trocando a criança
Com vontade de correr gritando na rua,
Pelo adulto com vergonha.

Frank
Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply